APA Guaratuba

Informações gerais

Guaratuba
Área de Proteção Ambiental
Estadual
Uso Sustentável
199.587 ()
1992
Instituto Ambiental do Paraná

Município(s) no(s) qual(is) incide a Unidade de Conservação e algumas de suas características

Município População (IBGE 2007) População rural (IBGE 2001) População urbana (IBGE 2001) Estado Área do município (ha) Área da UC no município (ha) Porcentagem da UC no município (%)
Guaratuba 30793 4101 23156 PR 132.588 124.268 66.7 %
Matinhos 23357 184 24000 PR 11.706 2.058 1.1 %
Morretes 16198 8122 7153 PR 68.458 10.632 5.71 %
Paranaguá 133559 4992 122347 PR 82.665 8.284 4.45 %
São José dos Pinhais 263622 20950 183366 PR 94.572 23.059 12.38 %
Tijucas do Sul 13091 10414 1846 PR 67.220 18.009 9.67 %

Pressões e ameaças

O desmatamento, as queimadas e a mineração industrial, são algumas das pressões que mais ameaçam as Unidades de Conservação. Veja abaixo dados atualizados sobre essas pressões nesta UC; para uma visualização comparativa entre as UCs mais desmatadas na Amazônia Legal, acesse o ranking dinâmico.

Para detalhes sobre a obtenção dos dados, acesse nossa nota técnica.


Características

Características

A Área de Proteção Ambiental de Guaratuba possui cerca de 200 mil hectares e está localizada no Paraná. Abrange parte dos Municípios de Guaratuba, São José dos Pinhais, Tijucas do Sul, Morretes, Paranaguá e Matinhos.
Criada pelo Decreto Estadual 1.234, de 27 de março de 1992, A APA visa compatibilizar o uso racional dos recursos ambientais da região e a ocupação ordenada do solo, proteger a rede hídrica, os remanescentes da floresta atlântica e de manguezais, os sítios arqueológicos e a diversidade faunística, bem como disciplinar o uso turístico e garantir a qualidade de vida das comunidades caiçaras e da população local.
Na planície litorânea da APA ocorrem cerca de 64 espécies de mamíferos (constatados e prováveis na região), sendo cinco endêmicas da Floresta Atlântica e 11 consideradas ameaçadas de extinção no Paraná. Uma grande riqueza da avifauna e um alto índice de espécies endêmicas são apontados para a APA. Estudos realizados nos manguezais, banhados, encostas e planície registraram 322 espécies de aves, destas 71 (22%) são endêmicas da Floresta Atlântica, e 10 (3%) encontram-se ameaçadas de extinção (SEMA, 1996). Destaca-se a descoberta, em 1995, do bicudinho-do-brejo (Stymphalornis acutirostris) na APA de Guaratuba, pois nos últimos 100 anos não havia registro de gênero e espécie novos de ave no Brasil. A região da APA é também local de pouso de espécies migratórias como maçaricos, andorinhas e mergulhões. (Baseado no: Plano de Manejo da APA Guaratuba. Disponível em: http://www.iap.pr.gov.br/arquivos/File/Plano_de_Manejo/APA_Guaratuba/Pla.... Acesso em: 19\05\2013)

Observações

Fonte: SEMA Obs: O objetivo central do PRÓ-ATLÂNTICA para a APA de Guaratuba é elaborar e implementar o plano de gestão da APA (baseado no zoneamento ecológico e econômico da região), operacionalizar ações locais de fiscalização e controle (a cargo do IAP e do Batalhão de Polícia Florestal) e coletar as informações necessárias para um diagnóstico da unidade e o fomento de um banco de dados ambientais. Também estão previstos convênios e parcerias com entidades governamentais e não-governamentais para a gestão da área, com ênfase na proteção e uso sustentável dos seus recursos. http://www.pr.gov.br/proatlantica/pro-atlantica/030404guaratuba.html - acesso em 20/08/2002


Aspectos Físicos

Sobreposições com outras Unidades de Conservação ou Terras Indígenas

Sobreposição Categoria da área sobreposta Porcentagem da sobreposição
Saint-Hilaire/Lange PARNA 12.04
Guaricana PARNA 23.95

Biomas

Bioma % na UC
Mata Atlântica 100.00

Fitofisionomias

Fitofisionomia (excluídos cursos d'água) % na UC
Floresta Ombrófila Densa 76.75
Floresta Ombrófila Mista 23.25

Bacias Hidrográficas

Bacia Hidrográfica % na UC
Iguacu 2.59
Litoral SP, PR e SC 97.41

Contatos


Notícias

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos.
Título Data de publicaçãoícone de ordenação
Areas paranaenses sao incluidas em Lista de Zonas Umidas 03/10/2017
Brasil tem mais tres sitios Ramsar 02/10/2017
Fernando de Noronha e outras 9 UCs podem se tornar Sitios Ramsar em 2017 07/02/2017
Supertrilha na Serra do Mar podera ligar parques de SC, PR, SP e RJ 30/09/2015
Mananciais sao protegidos e garantem agua agora e no futuro 28/06/2015
2 de fevereiro: Dia Mundial das Areas Umidas 30/01/2015
Governo cria Parque Nacional da Guaricana a revelia da comunidade 12/01/2015
APA de Guaratuba pode ter novo reconhecimento internacional 22/05/2014
Brasil podera ter mais sete sitios Ramsar de importancia internacional 15/05/2014
Confira as mocoes aprovadas pelo VII CBUC 27/09/2012
Expedicao registra imagens do Parque Nacional de Saint-Hilaire/Lange 22/03/2012
Parque no Parana faz inventario inedito de anfibios 28/12/2011
Pesquisa vai verificar impacto da mudanca do clima nas aves do Brasil 21/10/2011
Grupo e preso suspeito de fazer safaris em area protegida no PR 11/07/2011
Forca Verde apreende 10 armas de fogo em Guaratuba 06/08/2010
Guaratuba resiste ao "cerco conservacionista" 26/07/2010
Biologo que matou guaras tera de enfrentar MP 06/07/2010
Policia apreende armas e material de caca na Serra do Mar 20/06/2010
Especies exoticas invasoras sao segunda maior causa de perda de biodiversidade no planeta 24/05/2010
Viva o Verao termina com lancamento de sementes de palmito em mata de Guaratuba 21/02/2010
Conselho Gestor da APA de Guaratuba ganha site na internet 21/12/2009
I Workshop de Conselhos Gestores das Unidades de Conservacao do Parana 05/12/2009
Ex-prefeito, procurador e PM sao presos em Guaratuba; vice-prefeito e procurado 17/11/2009
Policia fecha fabrica clandestina de palmito 17/02/2009

Histórico Jurídico

Tipo de documento Número Ação do documento Data do documento Data de publicaçãoícone de ordenação Observação Documento na íntegra
Decreto 1.234 Criação 27/03/1992 O Governador do Estado do Paraná declara Área de Proteção Ambiental - APA, denominada Guaratuba, com o objetivo de compatibilizar o uso racional dos recursos ambientais da região e a ocupação ordenada do solo, proteger a rede hídrica, os remanescentes de Floresta Atlântica e de manguesais, os sítios arqueológicos e a diversidade faunística, bem como disciplinar o uso turístico e garantir a qualidade de vida das comunidades caiçaras e da população local.


comments powered by Disqus