ESEC de Murici (ESEC)

Informações gerais

Murici (ESEC)
Estação Ecológica
Federal
Proteção Integral
6.116 (Decreto - s/n - 28/05/2001)
2001
Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade
Consultivo
2002
Javascript is required to view this map.

Município(s) no(s) qual(is) incide a Unidade de Conservação e algumas de suas características

Município População (IBGE 2007) População rural (IBGE 2001) População urbana (IBGE 2001) Estado Área do município (ha) Área da UC no município (ha) Porcentagem da UC no município (%)
Flexeiras 11928 5289 6690 AL 31.579 2.258 38.01 %
Messias 15072 2438 9552 AL 11.286 51 0.86 %
Murici 25964 7186 17485 AL 42.398 3.635 61.2 %

Pressões e ameaças

O desmatamento, as queimadas e a mineração industrial, são algumas das pressões que mais ameaçam as Unidades de Conservação. Veja abaixo dados atualizados sobre essas pressões nesta UC; para uma visualização comparativa entre as UCs mais desmatadas na Amazônia Legal, acesse o ranking dinâmico.

Para detalhes sobre a obtenção dos dados, acesse nossa nota técnica.


Características

Características

A Estação Ecológica de Murici, abrange uma área de aproximadamente 6.116,43 hectares, localizada na região noroeste do Estado de Alagoas.
O clima é quente e úmido, com estação seca no verão e chuvosa no outono-inverno. A estação chuvosa tem início em abril e se prolonga até agosto, sendo que as maiores precipitações ocorrem em maio e julho. O período de maior estiagem ocorre entre novembro e janeiro, sendo dezembro o mês mais seco. A precipitação anual oscila entre 750 a 1000 mm. A temperatura média é de 23 o C. As ESECs somente atendem a pesquisadores e ações de educação ambiental. A Estação localiza-se no Planalto da Borborema, mas com porções localizadas sobre os Tabuleiros Sedimentares Costeiros a leste da Unidade.
Os solos da Estação são principalmente podzólicos e latosolos. A fitofisionomia vegetal dominante na região é a Floresta Ombrófila Densa, segundo o mapa de vegetação do IBGE. A Unidade possui bioma Floresta Atlântica. Fragmentos florestais encontrados em Murici possuem o mais alto índice de diversidade de espécies animais, formando uma barreira geográfica para vários grupos de animais habitantes exclusivos da mata atlântica.
(Fonte: Ambiente Brasil. Disponível em: http://ambientes.ambientebrasil.com.br/. Acesso em 18\08\2013)

Observações

Fonte: Obs:

WWF-BRASIL PROMOVE OFICINA SOBRE ESTAÇÂO ECOLÓGICA DE MURICI - ambiente brasil - 05/02/2002
Durante os dias 6 e 7 de fevereiro, a organização ambientalista WWF-Brasil, o Ibama e a Sociedade Nordestina de Ecologia realizarão a 3a oficina para instalação da Estação Ecológica de Murici, em Alagoas. A oficina é parte do projeto "Implementação da Estação Ecológica de Murici", iniciado em dezembro de 2001. Seu principal objetivo é a concretização de um plano de ação para esta unidade de conservação que tem o maior número de aves ameaçadas de extinção entre os remanescentes de Mata Atlântica do Nordeste. A região, que tem sido degradada pela expansão dos canaviais e da atividade pecuária, é de grande relevância ecológica por representar um complexo de fragmentos de Mata Atlântica com mais de seis mil hectares. Além disso, Murici abriga 13 espécies de aves ameaçadas de extinção, sendo duas delas endêmicas (restritas à área): o limpa-folha-do-Nordeste e a choquinha-de-Alagoas.

A COORDENADORA GERAL DE GESTÃO DE PESSOAS DO INSTITUTO CHICO MENDES DE CONSERVAÇÃO DA BIODIVERSIDADE, usando da competência atribuída pela Portaria no 217, de 19 de junho de 2013, e Portaria no 436, publicada no
Diário Oficial da União de 12 de novembro de 2012, e considerando o constante do Processo no 02124.000193/2012-70, resolve:
No-112 - I - Conceder aposentadoria por invalidez permanente com proventos proporcionais ao tempo de contribuição, ao servidor HENRIQUE CARLOS DE FIGUEIREDO VASQUES, matrícula no 1365302, ocupante do cargo de Analista Ambiental, Classe "B", Padrão V, lotado na Estação Ecológica de Murici/AL, pertencente ao Quadro de Pessoal deste Instituto, com base no art. 40, §1o, inciso I
da CF/88, com redação dada pela Emenda Constitucional n" 41/2003, combinado com o art. 6o-A da EC 41/2003, incluído pela EC70/2012.
II - Declarar vacância da vaga no 762827, do referido cargo.
(DOU 01/07/2013)


Aspectos Físicos

Sobreposições com outras Unidades de Conservação ou Terras Indígenas

Não pertinente.

Biomas

Bioma % na UC
Mata Atlântica 100.00

Fitofisionomias

Fitofisionomia (excluídos cursos d'água) % na UC
Floresta Ombrófila Aberta 99.54
Floresta Ombrófila Densa 0.46

Bacias Hidrográficas

Bacia Hidrográfica % na UC
Litoral AL, PE e PB 100.00

Contatos

Gestor da UC: NELMA TOLEDO MENDONCA (DOU 19/08/2013)

CONTATO: JAILTON JOSE FERREIRA FERNANDES
ENDEREÇO
RUA FIRMINO DE QUEIROZ
TEL/FAX: (82) 3286-1245
CEP: 57820-000
ENDEREÇO PARA CORRESPONDÊNCIA
AVENIDA FERNANDES LIMA, 4025 - FAROL (IBAM A/AL)
CEP: 57.060-970 - MACEIÓ - AL
TEL: (82) 241-1912 / 241-1600
FAX: (82) 241-1912


Notícias

As notícias aqui publicadas são pesquisadas diariamente em diferentes fontes e transcritas tal qual apresentadas em seu canal de origem. O Instituto Socioambiental não se responsabiliza pelas opiniões ou erros publicados nestes textos.
Título Data de publicaçãoícone de ordenação
Aprovados quatro planos de manejo e um acordo de gestao 25/05/2016
Serpentes acuadas 27/01/2015
Ameacas as unidades de conservacao demandam atuacao do MPF 04/06/2014
ICMBio define acoes de regularizacao fundiaria para 2014 20/03/2014
Procuradoria pede abertura de inquerito contra Renan 11/01/2013
Procuradoria-Geral pede para apurar se Renan cometeu crime ambiental 11/01/2013
Brasil perdeu um RJ de areas protegidas 19/12/2012
Procuradoria aciona Renan por suspeita de danos ambientais 14/11/2012
MPF/AL processa Renan Calheiros por dano ambiental 13/11/2012
ESEC De Murici prepara plano de manejo 25/07/2012
Instituto realiza Operacao Mae Natureza em duas unidades de conservacao 11/06/2012
Conselho Gestor da APA de Murici se reune nesta terca-feira 16/05/2011
UCs federais mantem metade da fauna ameacada do Cerrado 12/04/2011
Atlas mapeia especies ameacadas nas Unidades de Conservacao 06/04/2011
Membros do conselho Gestor da APA de Murici sao eleitos 11/12/2010
Uma nova abelha em Alagoas 20/04/2010
Acao voluntaria busca aproximar populacao de unidade de protecao ambiental 25/03/2010
Mata Atlantica tem beleza, biodiversidade e especies ameacadas 03/12/2009
Operacao de fiscalizacao na Rebio Serra Talhada e na Esec Murici aplica 61 autos de infracao 24/11/2009
Calheiros autuado por crime ambiental 26/08/2009
Operacao Cristalino flagra desmatamento com mais de 100 hectares na Mata Atlantica em Alagoas 20/03/2009
Renan e irmao sao acusados de grilar terras em Alagoas 01/08/2007
Olavo Calheiros foi autuado por desmatamento 25/07/2007
Cheirando a carvao 19/04/2007
A reforma agraria ataca outra vez 19/01/2006
O Incra como catastrofe ambiental 13/01/2006
Oito ONGs firmam convenio para a protecao da Mata Atlantica no Nordeste 19/05/2004
WWF e SNE entregam ao Ibama mapa que ajudara a regularizar Murici 16/10/2002
WWF-Brasil promove oficina sobre ESEC de Murici 05/02/2002
FHC cria estacao ecologica em Alagoas 04/06/2001
Saiu do papel 31/05/2001
Era tempo 26/12/2000
Queimadas ameacam reserva de Murici 10/07/1995

Histórico Jurídico

Tipo de documento Número Ação do documento Data do documento Data de publicaçãoícone de ordenação Observação Documento na íntegra
Portaria 351 Instrumento de gestão - plano de manejo 19/05/2017 24/05/2017 Aprovar o Plano de Manejo da Estação Ecológica de Murici, no Estado de Ala-goas. (Processo no 02070.001311/2009-34) Download PDF
Contrato 57 Instrumento de gestão 01/07/2009 05/08/2009 DIRETORIA DE PLANEJAMENTO, ADMINISTRAÇÃO E LOGÍSTICACOORDENAÇÃO-GERAL DE FINANÇAS E ARRECADAÇÃOEXTRATO DE CONTRATO Nº 57/2009Nº Processo: 02070000020200929. Contratante: INSTITUTO CHICO MENDES DE -CONSERVACAO DA BIODIVERSIDADE. CNPJ Contratado: 66206430430. Contratado : DIOGENES LINO DOS ANJOS -Objeto: O presente instrumento tem por objeto alocação de imóvel para instalação da sede administrativa da ESTAÇÃO ECOLÓGICADE MURICI, situado na Rua Marino Vieira de Araújo, s/n, lote 23B, quadra G,loteamento Cidade Alta, Murici/AL. Fundamento Legal: Lei 8.666/93 Vigência: 01/07/2009 a 30/06/2010. Valor Total: R$5.664,00. Fonte: 100000000 - 2009NE902013. Data de Assinatura: 01/07/2009. (SICON - 04/08/2009) 443033-44207-2009NE900228
Portaria 152 Conselho 21/11/2002 22/11/2002 Cria o Conselho Consultivo da Estação Ecológica Murici
Decreto s/n Criação 28/05/2001 29/05/2001 Cria a Estação Ecológica de Murici, nos municípios de Murici e Messias, no Estado de Alagoas.


comments powered by Disqus